Normas sanitárias para restaurantes envolvem cuidado com entupimento

Normas sanitárias para restaurantes envolvem cuidado com entupimento

 

Para garantir que a saúde das pessoas não esteja exposta a riscos, a vigilância sanitária adota uma série de medidas de higiene para que os estabelecimentos possam adotar e proporcionar serviços de qualidade. Especialmente naqueles que servem comida, as normas sanitárias para restaurantes precisam ser seguidas e os possíveis casos de entupimento dos canos deve ser uma preocupação a ser observada com atenção. Dispor de uma máquina desentupidora pode ajudar a solucionar problemas rotineiros de forma rápida e segura, e sem causar transtornos aos clientes.

Atuar de maneira adequada no segmento alimentício exige necessariamente que as determinações da Vigilância Sanitária sejam colocadas em prática. Para que as normas sanitárias para restaurantes sejam as mesmas para todos os estabelecimentos, existem algumas legislações que dispõem acerca do que precisa ser adotado. A Resolução RDC nº 216 da Anvisa, por exemplo, trata do Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação, acerca da estrutura física, equipamentos e utensílios, manipuladores, alimentos, treinamento profissional, registros e documentos.

No que se refere à estrutura física, a resolução determina que o estabelecimento possua pia para lavar as mãos na área de manipulação dos alimentos, com sabão antisséptico, toalha de papel não reciclado e lixeira com acionamento sem contato das mãos. As normas sanitárias para restaurantes dispostas no documento reforçam ainda que as caixas de gordura e esgotos devem estar localizadas fora da área de produção e as instalações sanitárias sem comunicação com as áreas de produção. Com relação ao piso, ele deve ser resistente, lavável e antiderrapante, com declive para escoamento da água e ralos sifonados e grelhados. Já as paredes e forros precisam ser de material liso, impermeável, resistente e de cores claras, e as portas revestidas de material lavável e com fechamento automático nas áreas de produção e nos sanitários.

As normas sanitárias para restaurantes preveem também medidas com relação a equipamentos e utensílios, manipuladores, alimentos, treinamento pessoal, além de registros e documentos necessários. No que se refere à capacitação dos funcionários, é fundamental que aqueles que têm relação direta com o alimento sejam devidamente treinados com relação aos agentes contaminadores, manipulação adequada e possíveis doenças causadas por intoxicação alimentar. Esses treinamentos são importantes para que seja possível perceber influências externas que possam prejudicar a qualidade do alimento, como o entupimento dos canos. Com a proliferação das bactérias, uma série de problemas podem ser causados, implicando em consequências sérias e indesejáveis. Assim, é interessante que além dos cursos, a empresa tenha a visão de fornecer material apropriado para que todos saibam lidar com essas situações em caso de emergência.

Segundo a Alkamac, fabricante de máquinas desentupidoras, especialmente nos restaurantes, que lidam diretamente com alimento, é essencial possuir um equipamento especializado para que em situações emergenciais a resolução do problema possa ser feita de forma prática e rápida, sem interferir na produtividade e rendimento do estabelecimento. “Como o acúmulo de gordura e comida nas cozinhas dos restaurantes favorece o entupimento dos canos, é importante manter uma estratégia para casos em que problemas sanitários estejam evidentes. Além de garantir a qualidade dos alimentos, as máquinas desentupidoras permitem que a empresa tome as medidas mais adequadas para atender os clientes quando preciso”, explica. Para a empresa, seguir as normas sanitárias para restaurantes é muito mais que cumprir apenas o determinado na legislação, e sim, buscar alternativas para que o atendimento seja cada dia mais profissional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *