Entenda os fenômenos da natureza em períodos de chuva para se prevenir

Entenda os fenômenos da natureza em períodos de chuva para se prevenir

 

As épocas de chuvas intensas costumam causar alguns estragos para moradores de diversas regiões. Em especial no verão, que elas vêm com bastante intensidade, é preciso tomar as devidas providências, como ficar em alerta para possíveis desastres. Para tanto, é interessante que a população e os órgãos competentes tenham clareza nas diferenças entre os fenômenos da natureza em períodos de chuva, conhecidos como enchente, inundação, enxurrada e alagamento. Causadores de graves prejuízos, muitos deles podem ser evitados se analisados com cautela e com tempo hábil para se precaver, realizando a limpeza dos bueiros, comunicando as pessoas que residem em áreas irregulares, entre outros.

O verão é a estação em que as chuvas caem com maior frequência, por conta das altas temperaturas e, por isso, é o período que exige maior atenção. Esses fenômenos da natureza em períodos de chuva acometem a população devido ao acúmulo da água em locais impróprios, o que atrapalha a locomoção, além de invadir residências e estabelecimentos. Tudo isso aumenta a proliferação de doenças, sem contar na perda de móveis e equipamentos eletroeletrônicos. Nada como compreender as razões desses problemas para então definir de quem é a responsabilidade e então passar a tomar as medidas cabíveis.

Para entender um pouco melhor os fenômenos da natureza em períodos de chuva, as enchentes ou cheias são definidas pela elevação do nível da água no canal de drenagem, atingindo a cota máxima, porém, sem extravasar. Ou seja, é quando os rios  e bueiros atingem a capacidade máxima, mas sem que isso interfira diretamente a população. Isso pode ocorrer tanto em chuvas rápidas e intensas ou mesmo quando caem por longos períodos. Quando esse limite é rompido, é caracterizado inundação, momento em que a água transborda nas margens do rio. As enxurradas são inundações mais bruscas em que a água vem muito forte, levando tudo o que encontra pela frente.

Os alagamentos nada mais são do que um acúmulo de água provocado por chuvas intensas e que a rede de esgoto não consegue suportar. Várias são as circunstâncias que levam a isso, desde um mau planejamento na construção do canal de drenagem, entulhos jogados ao redor, sem contar nas ocupações irregulares que favorecem a sedimentação das áreas e que entopem ainda mais as redes. A Alkamac, empresa de máquinas desentupidoras, alerta que mesmo quando o projeto de urbanização é consistente, existem alguns objetos que entopem os bueiros com facilidade e são incidentes, por isso, é preciso realizar ações preventivas. “Antes do período de chuvas intensas, é recomendado que seja realizada a limpeza dos esgotos, assim, a capacidade de escoamento aumenta e esse problema não será tão recorrente”, afirma.

Além de diminuir os impactos para a população, essas medidas preventivas ajudam a deixar os centros urbanos mais saneados e livres de doenças. Passar informações sobre os fenômenos da natureza em períodos de chuva é fundamental e os órgão competentes também possuem a responsabilidade de alertar sobre possíveis pontos de alagamento e implantar sistemas de alertas de chuva, de modo a garantir o bem-estar à população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *